Maria Valduga Brut

Vinificação – Método Tradicional
1 - Elaboração do vinho base
- Seleção final dos cachos;
- Prensagem direta;
- Separação do mosto flor (50%);
- Limpeza estática à frio do mosto;
- Uso de leveduras selecionadas Saccaromyces Cerevisiae;
- Fermentação alcóolica com temperatura de 15º a 16ºC;
- Estabilização tartárica;
- Filtração.
2 - Tomada de espuma
- Inoculação de leveduras selecionadas;
- Licor de Expedição;
- Engarrafamento;
- Segunda fermentação dentro da própria garrafa com temperatura de 12ºC;
- Maturação por 48 meses ocorrendo autólise de leveduras;
- Remuage em pupitres;
- Degórgement, rolhamento e rotulagem.


Visão: Espumante límpido e brilhante, de coloração amarelo palha. Possui perlage fino e persistente, culminando em uma nobre e generosa coroa.
Olfato: Bouquet elegante e intenso com notas de frutas em calda, remetendo principalmente à pera e maçã. Os aromas de brioche amanteigados e pão delicadamente tostados expressam a complexidade adquirida durante a lenta maturação deste espumante.
Paladar: Em boca possui excelente complexidade gustativa, com acidez equilibrada e ótimo frescor. Apresenta alta cremosidade, ampla intensidade, persistência e retrogosto que remete à análise olfativa.

 

  • Safra: 2011
  • País de origem: Brasil
  • Região: Vale dos Vinhedos
  • Produtor: Casa Valduga
  • Tipo: Espumante
  • Tipo de uva: Chardonnay, Pinot Noir
  • Temperatura de consumo: 6°a 8ºC graus
  • Teor Alcoólico: 12,00%
  • Volume: 750ml